Pepe Diniz

Em maio deste ano, Pepe Diniz celebrou o seu septuagésimo aniversário. De ascendência portuguesa, este fotógrafo radicado nos Estados Unidos é um dos mais conceituados retratistas a nível mundial. Conheça-o aqui.

Nascido na cidade marroquina de Tânger, Pepe Diniz é filho de um pai indo-português e de uma mãe romena.1

A sua educação escolar foi sendo feita em diversos locais: Palma de Maiorca, Moçambique e África do Sul. E talvez esta itinerância explique um pouco a razão de um dos temas mais recorrentes no seu trabalho ser o das cidades. Aliás, o documentário que co-realizou em 1995, intitulado Lisbon-USA e que é dedicado a cidades nos Estados Unidos com o nome Lisbon, parece confirmar isso mesmo.

A formação fotográfica formal de Pepe Diniz teve lugar na Suíça, mais precisamente no Institut de Photographie de Genève. Fotógrafo residente da Cinemateca Francesa entre 1972 e 74, viajará depois para Nova Iorque, onde desempenhará um cargo idêntico na Cinemateca Americana. Em 1975, funda a Bleecker Gallery.

Mas se as cidades – e particularmente Lisboa, Maputo e Nova Iorque – estão entre os temas prediletos deste fotógrafo e foto-jornalista, são os retratos de celebridades ligadas ao mundo artístico os maiores responsáveis pela sua fama.

Pela sua objetiva já foram capturados nomes como Salvador Dali, Andy Warhol, Jorge Luis Borges ou Amália Rodrigues, entre tantos outros.

O seu trabalho encontra-se espalhado por coleções um pouco por todo o mundo.

A nível nacional, uma parte da sua obra pode ser apreciada no Centro de Arte Moderna da Fundação Calouste Gulbenkian.

1. Wikipedia – http://pt.wikipedia.org/wiki/Pepe_Diniz

Acompanhe-nos nas Redes Sociais::